Capa » Medicamentos » PARA QUE SERVE O ISKETAM ? – BULA

PARA QUE SERVE O ISKETAM ? – BULA

IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO: – ISKETAM
ISKETAM

piracetam

mesilato de diidroergocristina

Comprimidos em blíster de 20

USO ADULTO

Composição completa: – ISKETAM

Cada comprimido contém:

Piracetam 400 mg
Mesilato de diidroergocristina 1 mg

INFORMAÇÃO AO PACIENTE: – ISKETAM
O produto, quando conservado em locais frescos e bem ventilados, sob temperatura não superior a 25oC, ao abrigo da luz, calor e umidade, apresenta uma validade de 36 meses a contar da data de sua fabricação. Não devem ser utilizados produtos fora do prazo de validade, pois podem ser prejudiciais à saúde.

O médico deve ser informado sobre a ocorrência de gravidez1 na vigência do tratamento, bem como sobre o aparecimento de reações desagradáveis que possam ser atribuídas ao tratamento.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS

ISKETAM não deve ser utilizado por pacientes que tenham apresentado hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO.
PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

INFORMAÇÃO TÉCNICA: – ISKETAM

ISKETAM contém em sua fórmula duas substâncias básicas: o piracetam, nootrópico com ação direta no metabolismo2 dos neurônios3 cerebrais, especificamente no telencéfalo cortical, sede das funções mentais superiores, onde acelera os processos de glicólise anaeróbica, aumentando o fornecimento de ATP4 às células normais ou lesadas e o mesilato de diidroergocristina, um derivado do ergot com funções simpatolíticas e ação vasoreguladora sobre a rede vascular5.

Portanto atende aos mais modernos conceitos terapêuticos das patologias vasculares cerebrais, atuando favoravelmente nos distúrbios da memória e aqueles ligados ao aprendizado.

Indicações: – ISKETAM
Indicado nos estados de déficit intelectual como ocorre na insuficiência6 vascular5 cerebral, nos acidentes vasculares cerebrais, nas síndromes pós- traumáticas.

Nos distúrbios vestibulares de origem vascular5, tais como: vertigens7, déficits auditivos senis.

Nos distúrbios da vigilância e da consciência (delírios, confusões mentais de origem vascular5).

Nos distúrbios do comportamento e integração ao meio consequente à involução senil.

Nas sequelas de patologia do SNC como ocorrem nos estados pós- meningo-encefalites.

Nas alterações funcionais e deficiências intelectuais consequentes a alcoolismo e toxicomania.

Contra-indicações: – ISKETAM

HIPERSENSIBILIDADE A QUALQUER UM DOS COMPONENTES DA FÓRMULA. O PRODUTO NÃO DEVE SER ADMINISTRADO DURANTE A GRAVIDEZ1.

Precauções: – ISKETAM
NÃO APRESENTA.

Interações medicamentosas: – ISKETAM

Não existe uma evidência suficiente que confirme a ocorrência de interações clinicamente relevantes.

Reações adversas: – ISKETAM
EM RARAS OCASIÕES PODE OCORRER AGITAÇÃO PSICOMOTORA MODERADA, REVERSÍVEL E DISTÚRBIOS GASTRINTESTINAIS FUNCIONAIS.

Posologia: – ISKETAM

1 comprimido a cada 8 horas, com duração do tratamento a critério médico.

Conduta na superdosagem: – ISKETAM

Não há relatos de superdosagem com ISKETAM. Na eventualidade de doses excessivas torna- se necessário a instituição de tratamento sintomático e de apoio.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

ISKETAM – Laboratório

Bula do Rémedio / Medicamento

  • Oliver Silvano Sil

    Vou começar tomar este remédio hoje,Espero resultados positivos.